12 séries com protagonistas negros que você precisa conhecer


Enquanto estamos vivendo cada um a sua maneira essa pandemia, eu sigo aqui nesse blog tentando fazer outros registros.

Como boa amante e consumidora de conteúdo audiovisual, cultura pop e entretenimento, separei 12 títulos entre séries e reality show com protagonistas negrxs (ou que os tenham no elenco em papéis importantes para o enredo) para você se distrair - se quiser.

Está sendo bem motivador finalmente ter grandes produções trazendo mais representatividade. Ainda acho bem problemática algumas questões que envolvem distribuição, publicidade e divulgação de conteúdos com negros em destaque, MAS não dá pra negar o impactando positivo principalmente para a nova geração. Não vou estender o assunto hoje, mas prometo falar melhor sobre isso depois. ;)

Ta com um tempinho livre e quer conhecer séries novas? Salva essa lista com você <3

Queen Sono

some text
A espia sul-africana Queen Sono vê-se embrenhada numa teia perversa de negócios e política enquanto tenta descobrir a verdade por trás da morte da mãe. // Via Netflix
A série é relativamente nova e foi uma surpresa pra mim descobri-la. A personagem homônima é badass, poderosa, com uma mente genial, mas também conhecemos o seu lado vulnerável. Se você gosta de série policial e espionagem certamente vai querer descobrir a história por trás de Queen Sono. É o primeiro conteúdo original Netflix com elenco e produção sul-africana, e torço para que seja bastante consumida para que haja um investimento maior para uma segunda temporada.

Styling Hollywood 

some text
Seja produzindo celebridades ou repaginando mansões luxuosas, o casal Jason Bolden e Adair Curtis do JSN Studio ajuda clientes famosos a dar um up no visual. // Via Netflix
É um reality show da vida desse casal maravilhoso em Hollywood. Além de acompanhar a vida de negros que ascenderam em suas carreiras, vimos os bastidores de seus trabalhos. Quem trabalha com produção vai se identificar com a correria dos assistentes pré tapete vermelho. 😂

How to Get Away With a Murder

some text
Michaela, Wes, Laurel e Patrick são ambiciosos calouros de Direito da prestigiada academia East Coast Law School, onde apenas os melhores alunos podem participar de casos reais. Eles competem entre si para conseguir a atenção da carismática e sedutora Professora Annalise Keating (Viola Davis), na aula de Direito Criminal 1, também conhecida como "Como Se Livrar de Um Assassinato". // Via AdoroCinema
Queria fazer textão, mas resumindo: babado, gritaria, confusão e muita morte. Quando você acha que todo mundo finalmente vai superar os fantasmas do passado e seguir a vida feliz, Shonda Rhimes desgraça a sua cabeça de novo (pra quem não sabe, Shonda também é roteirista de Grey's Anatomy e Scandal). A atuação de Viola Davis é um espetáculo a parte. Série pra maratonar e quebrar a cabeça.

Sex Education

some text
Otis é um adolescente socialmente inapto que vive com sua mãe, uma terapeuta sexual. Apesar de não ter perdido a virgindade ainda, ele é uma espécie de especialista em sexo. Junto com Maeve, uma colega de classe rebelde, ele resolve montar sua própria clínica de saúde sexual para ajudar outros estudantes da escola. // Via AdoroCinema
Essa não é uma série com abordagem adolescente qualquer. Além de acompanhar a evolução natural dos personagens com suas descobertas sexuais e questões no âmbito escolar e familiar, acompanhamos uma narrativa super atual com abordagens necessárias sobre sexualidade, feminismo, violência contra a mulher, vivências lgbtqia+, senso de comunidade e muito mais.
A segunda temporada é ainda mais linda. Eu amo a estética e a forma que a vida naquela cidade nos é apresentada. A simetria em cada cena, cores que conversam com os personagens e toda fotografia me dão arrepios, uma obra a ser admirada. O roteiro é muito bem desenvolvido e você vai querer maratonar tudo também.

Brooklyn Nine-Nine

some text
Jake Peralta é o talentoso e despreocupado detetive do 99º distrito do Brooklyn que, junto ao seu grupo eclético de colegas, lidava com um capitão relaxado no escritório. Tudo muda quando o novo e cronicamente tenso capitão Ray Holt chega à delegacia disposto a fazer com que esse grupo disfuncional de detetives se torne o que há de melhor no Brooklyn. // Via Minha Série
Série com episódios curtos, humor genial sem precisar apelar pra ofensa, elenco diverso, personagens não estereotipados, amizades sinceras, masculinidade não tóxica, representação das personagens mulheres de forma não obvia. Meu destaque fica para o capitão Holt e para o Terry <3
B99 é tu-do, assista agora mesmo!

Atlanta

some text
A história acompanha Earnest "Earn" Marks, um jovem que abandonou os estudos para fazer o sucesso na cena musical da cidade de Atlanta, gerenciando a crescente carreira de seu primo Alfred, também conhecido como Paperboy. o longo do caminho, eles lidam com pontos de vista opostos sobre arte, comércio, sucesso e raça. // Via Minha Série
Deixo essa aspas super bem colocada só pra te convencer: "Atlanta trata temas como pobreza, falta de oportunidade, criminalidade e racismo sem se fixar em um gênero e sem nunca escorregar para uma linguagem mais panfletária. Às vezes é cômico, em outras, trágico e em tantas outras, absurdo. Glover abre nossos olhos para a bizarrice da realidade que o negro enfrenta diariamente na América dos guetos utilizando um lirismo que beira o fantástico. E por vezes até se deixa levar totalmente por esse elemento fantástico."

Dear White People

some text
Ambientada em uma faculdade predominantemente branca, a série acompanha um grupo diversificado de estudantes enquanto enfrentam tensões raciais, que frequentemente são varridas para debaixo do tapete. Dear White People é uma amostra da América “pós-racial” e conta também uma história universal sobre trilhar o próprio caminho. // Via Minha Série
Discute o racismo em várias visões e dá voz a quem precisa ter voz. Série necessária, atual e plural. Uma aula.

The Get Down

some text
Ambientada em Nova York durante o ano de 1977, The Get Down conta a história de como, à beira das ruínas e da falência, a grande metrópole deu origem a um novo movimento musical no Bronx, focado nos jovens negros e de minorias que são marginalizados. Entre o surgimento do hip-hop e os últimos dias da Disco Music, a história se costura ao redor das vidas dos moradores do Bronx e de sua relação com arte, música, dança, latas de spray, política, religião e Manhattan. // Via AdoroCinema
É muito fácil se envolver com as aventuras desse grupo de amigos. A série te insere na vibe anos 70, mostra o nascimento do hip-hop, a energia da disco music e punk no Bronx. Os sneakeheads vão sentir a influência dos tênis pro estilo que se fortalecia na época, e a presença marcante dos clássico Puma Clyde e Chuck Taylor.

Chewing Gum

some text
A série acompanha a vida de Tracy Gordon, uma jovem criada por uma família religiosa que decide perder a virgindade aos 24 anos de idade. O problema é que ela não faz ideia de como fazer isso, pedindo conselhos para sua melhor amiga, Candice. // Via MinhaSérie
Chewing Gum é 8 ou 80 para algumas pessoas, mas vou defender até o fim. O texto da Viviane para o HuffPost diz muito: "Nossa protagonista tem traços de heroína que enfrenta machismos, racismos, intolerância religiosa, xenofobia e tantos outros espinhos com as armas que possui: a coragem de um humor no-sense e inocente que a faz forte e vulnerável a um só tempo. Ela parece des-conhecer a dimensão dos monstros que cutuca com vara curta e é assim que ela nos faz rir: esgarçando estereótipos no sentido de esvaziá-los".

Good Girls

some text
Beth Bolland, Annie Marks e Ruby Hill são três mães de família, duas das quais são irmãs, lidando com problemas financeiros e maternais. Cansadas de estarem sempre perdendo, elas decidem planejar um assalto a um supermercado, e o sucesso do plano faz com que fiquem no meio de uma operação ainda maior e mais perigosa. // Via: AdoroCinema 
Comédia com drama e muita confusão. Você vai se sentir fazendo parte da vida das personagens, vai torcer junto, sentir raiva e ficar maluca com os desfechos de cada episódio.

Unbreakable Kimmy Schmidt

some text
Depois de viver durante 15 anos isolada em um culto, acreditando que era uma das únicas sobreviventes de um apocalipse que dizimou a Terra, Kimmy descobre que estava sendo enganada. Assim que é liberta, ela decide ir morar em Nova York, onde faz novos amigos e descobre um mundo inteiramente novo, que ela vai desbravar com um desafio por vez. // Via AdoroCinema
Esse é o tipo de comédia que vai te fazer gargalhar e amar cada personalidade única dos personagens. Eu amo o humor irônico cheio de críticas a sociedade presente nos episódios. Um dos meus personagens preferidos EVER faz parte desta série maravilhosa. Conheçam o Titus e se apaixonem também. <3
Vale dizer que os episódios são bem curtinhos e você nem sente o tempo passar.

Marlon

some text
Uma versão moderna da clássica comédia familiar sobre um pai amoroso (mas imaturo) que divide a responsabilidade de criar seus dois filhos com sua ex-esposa, que se mantém muito próxima. Apesar de seus conselhos paternais equivocados, de sua personalidade exacerbada e imparável e de sua imprevisível fama na Internet , para Marlon a família fica sempre vem em primeiro lugar – mesmo que ele seja a maior criança de todos eles// Via Minha Série
Sitcom pra ficar de boa depois de um dia cansativo de trabalho. Não tem um roteiro super elaborado, mas achei interessante a jogada de algumas piadas com um fundo crítico às situações cotidianas.

Comentários

back to top